17/08/2016 às 14h27min - Atualizada em 17/08/2016 às 14h27min

No olho do furacão

Mais uma vez, o deputado estadual Edmir Chedid (DEM) virou manchete. Depois do SBT e da revista Isto É, agora foi a Rede Globo que denunciou as funcionárias “fantasmas” ligadas ao parlamentar.
O estrago começou com a exibição da reportagem especial no SPTV, apresentado por Cesar Tralli na hora do almoço. Logo após o fim da matéria, o link do site da Globo começou a ser compartilhado pelo aplicativo WhatsApp e logo a notícia já estava sendo curtida e compartilhada no Facebook.
Quando todos ainda comentavam sobre a notícia que, até então, muitos ainda não haviam assistido na TV Globo de São Paulo, veio mais um duro golpe. A Afiliada da Rede Globo na região bragantina, a Vanguarda, exibiu a mesma reportagem em seu jornal, por volta das 7h da noite, em 72 canais, para 46 municípios, aproximadamente 2,7 milhões de telespectadores.
Interlocutores próximos á família Chedid ainda calculam o tamanho desse estrago, o quanto a exibição de mais essa matéria pode arranhar a imagem do deputado Edmir, o maior cabo eleitoral de seu pai, Jesus Chedid, candidato a prefeito. 
Os mesmos interlocutores reconhecem a necessidade de minimizar o problema para que o grupo não seja afetado às vésperas do pleito eleitoral, afinal nada passa despercebido pelos internautas que, em segundos fazem com que situações como essa, viralizem. Já os opositores, não perdem a oportunidade de jogar pedra em quem possa ter teto de vidro. 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »