15/06/2016 às 15h53min - Atualizada em 15/06/2016 às 15h53min

O preço da acomodação

Dias atrás, a notícia de que o PSDB aliou-se ao DEM em Bragança Paulista, movimentou a cidade. Ao contrário do que acontecia a nível estadual e federal, o DEM, partido ligado á família Chedid e o PSDB, do ex-prefeito Jango, caminhavam separados e, porque não dizer “brigados”.
Jango recebeu a notícia da aliança, através da imprensa, afinal ele não participou da reunião onde a junção dos partidos ficou definida. Certamente que, enquanto ele estava trabalhando em sua loja de bolsas no centro de Bragança ou dando aulas em uma escola Estadual, Edmir Chedid estava, incansavelmente, articulando a aliança com o partido do Governador.
Jango é conhecido por ser caseiro, é visto com frequência pelas ruas de Bragança, agindo mais como ex-vereador do que como ex-prefeito de dois mandatos. Caso tivesse ele, uma postura diferente, poderia estar atuando no Governo Alckmin, então com status de ex-prefeito, trabalhando próximo ao governador, no Palácio dos Bandeirantes, por exemplo. Claro que a história seria outra e talvez, a aliança com o DEM em Bragança não tivesse vingado.  Afinal, quem não dá assistência perde para a concorrência, quem não é visto não é lembrado. Frases prontas, mas que expressam tal situação.
Beto Trícoli, de Atibaia, ex-prefeito e ex-deputado estadual é um exemplo de que na política não cabe acomodação. Tricoli faz parte do atual governo do estado, como Secretário Adjunto de Turismo. Não se acomodou.
Voltando à Bragança, interlocutores da Morada das Pedras, escritório político do DEM, afirmam que Jango seria, no máximo, vice. O fato é que Jango e Chedids, até onde se sabe, não “dão liga” ou seja, o Grupo Chedid,  já conseguiu, pelo menos e, mesmo que momentaneamente, inviabilizar a candidatura daquele que os derrotou em 2008.
A busca por alianças continua, mas para o sucesso é preciso passar longe da acomodação.
Talvez, o estilo de vida de Jango, mais pacato o fez acomodar. Só agora, ele parece estar “correndo atrás do prejuízo”, fazendo o que Edmir faz desde sempre, articulando.
Jango já pode estar pagando um preço alto pela sua acomodação!


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »