11/02/2015 às 17h11min - Atualizada em 11/02/2015 às 17h11min

“As águas vão rolar”

A maior festa popular brasileira chegou! O Carnaval é defendido por muitos como a folia que iguala as classes sociais. Sambando, cantando, usando fantasias...somos todos iguais. Independente das opiniões, é notório que o brasileiro adora mesmo a folia de Momo que, além de propiciar alegria, aquece o turismo, gera empregos, promove artistas e por aí vai. Apesar disso, neste ano o Carnaval foi cancelado em mais de 15 cidades do interior de São Paulo por causa da crise da água. Pelo menos foi essa a justificativa dos prefeitos que optaram por suspender a festa. Carnaval é igual a turistas, que é igual a aumento no consumo de água, ok! Mas o “buraco” é bem mais embaixo. Apesar de não admitirem, muitas prefeituras uniram o útil ao agradável e aproveitaram a “onda” da crise hídrica como justificativa para a falta de dinheiro, já que muitas começaram o ano no vermelho, assim como o Governo de São Paulo e o Governo Federal.

Cabe, portanto, enaltecer as cidades que, apesar dos pesares, mantiveram a mais tradicional festa popular, afinal cientificamente está comprovado que a alegria gera bem estar e, consequentemente, benefícios físicos à saúde. E como é bom ver o povo brasileiro, tão batalhador, tendo acesso a lazer, que inclusive nos é garantido através da Constituição Federal (Art.6).

Na região bragantina as cidades de Bragança, Pedra Bela, Pinhalzinho, Tuiuti e Vargem, mantiveram a festa. Com isso cabe desejar um bom Carnaval à todos. Divirtam-se com responsabilidade, sem cometer exageros, respeitando as leis (se for dirigir não beba, não beba nada que contenha álcool). E, claro, “As águas vão rolar”, mas só na boa e velha marchinha, pois a ordem é economizar!


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »