16/05/2018 às 20h49min - Atualizada em 16/05/2018 às 20h49min

Homem que tentou matar esposa continua foragido da Justiça

Foto: Reprodução Facebook


Completou um ano no dia 28 de março que a Justiça expediu o mandado de prisão de Leandro de Oliveira, condenado por tentar matar a esposa, a facadas em 2015.

O foragido é da cidade de Pinhalzinho, foi julgado e pegou 13 anos e 4 meses de prisão. No entanto, teve o direito de recorrer em liberdade e desde que a Justiça decretou sua prisão, ele está foragido. 

A vítima, Carolina Bannack, segue confiante de que ele será capturado e pede que as pessoas se coloquem no lugar dela e denunciem o paradeiro do condenado. “Ele está por ai, está sendo acobertado por alguém. Ele não está fora do país”, disse ao contar que ela processou os familiares dele, pai, mãe e a namorada, que estavam debochando da paralisia facial dela, dizendo que não existia. “Processei todo mundo”. Carolina, que tem uma filha com Leandro, acredita que ele deve estar pela região de Pinhalzinho, Socorro. “A gente não sabe onde ele está, mas se tiver sendo escondido por alguém, essa pessoa vai ser processada também”.

O crime

Leandro não aceitou o pedido de separação e atacou Carolina com golpes de facas que atingiram seu rosto, tórax e região próxima da cabeça. A mãe de Leandro presenciou a tentativa de homicídio. “Não morri porque Deus não permitiu”, disse a vitima.
A família de Leandro é da cidade de Pinhalzinho, sendo o pai dele, Benedito de Oliveira, ex-prefeito da cidade.

Denúncia 

Qualquer pessoa que tenha informação sobre onde Leandro está escondido, pode denunciar através do 190 da Polícia Militar ou do disque 100.  A identidade do denunciante é mantida em sigilo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »