15/09/2016 às 13h32min - Atualizada em 15/09/2016 às 13h32min

Silas Marques mantém campanha após recorrer de impugnação

Foto: JBR


O Candidato a prefeito de Vagem, Silas Marques (PSD) teve a candidatura impugnada. O PSDB, que entrou com o pedido de impugnação, alegou que Silas estaria concorrendo ao terceiro mandato consecutivo, sendo o primeiro mandato, o da mãe de Silas, Benedita Rosa, depois o do próprio Silas, que assumiu duas vezes (em dois períodos), a cadeira de prefeito, o que no entendimento dos opositores, caracteriza o terceiro mandato.

O prefeito recorreu da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), e segue com a campanha. O advogado dele, Osvaldo Zago, explicou ao Jornal de Bragança e Região que, Silas não foi eleito nas eleições regulamentares de 2012. “Sua condução ao cargo foi feita de forma suplementar, logo, a jurisprudência entende que seria um mandato tampão, mera fração de um mandato, não podendo, por isto, ser computado”, explicou. Ainda de acordo com Dr. Zago, a tese de defesa tem amparo na jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que segundo ele, entende que o mandato tampão não é um mandato inteiro, mas, sim, mera fração. “Estou muito confiante, pois o recurso está bem fundamentado e está de acordo com a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral”, reforçou Dr. Zago.

O advogado esclareceu ainda, que não há prazo definido para o TRE julgar o caso, o que não impede que a candidatura de seu cliente continue.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »