18/11/2015 às 00h18min - Atualizada em 18/11/2015 às 00h18min

Obra do Terminal Rodoviário de Vargem continua paralisada

Foto: JBR


A população de Vargem continua esperando o prometido Terminal Rodoviário, que seria o primeiro da cidade. A obra até foi iniciada em julho de 2012, com previsão de conclusão para 180 dias, ou seja, a entrega deveria ser em janeiro de 2013, mas foi paralisada e segue abandonada.

A obra é do Governo do Estado e estava sendo executada pela Panteon Construtora, orçada em R$ 416.856,22.

Obra paralisada é moradores sem ter onde pegar ônibus. Ter, até tem, mas nos pontos da cidade ou às margens da pista, quando têm de ir para São Paulo, por exemplo.

O ex-prefeito, Claudinho da Julia (PSDB), que ficou no cargo até que acontecessem as eleições suplementares de Vargem, disse que durante o período que esteve no comando do Executivo, se reuniu com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) que o orientou a enviar um ofício à Secretaria de Planejamento do Estado, cobrando e pedindo informações sobre o reinício das obras. “Protocolamos o ofício, mas até o dia que fiquei no cargo, não tivemos retorno”, disse.

A Casa Civil do Governo do Estado, explicou através de sua assessoria de imprensa, que o (DER) celebrou convênio com a Prefeitura de Vargem para repasse de verba, o  que permitiu a construção do Terminal Rodoviário Municipal. “É importante esclarecer que o  DER não foi responsável pela execução das obras. A parte que compete ao órgão é o repasse no valor de R$ 400 mil, dividido em seis parcelas. Ao todo, foram pagas quatro parcelas, totalizando valor de R$ 249,7 mil. No entanto, pela não prestação de contas por parte da Prefeitura Municipal, em função a ausência da entrega de documentação,  as demais parcelas não foram repassadas, permanecendo a situação até o encerramento do convênio, em maio de 2014.”, esclareceu a Casa Civil que completou informando que a Prefeitura Municipal deverá ser consultada para demais esclarecimentos.

O atual prefeito, Silas Marques (PSD), não respondeu as perguntas enviadas pelo Jornal de Bragança e Região, sobre a paralisação. Um assessor dele, Milton Oliveira, disse por telefone, que na terça-feira, 17, haveria uma reunião no DER, mas não soube informar o horário e nem retornou falando sobre a reunião.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »