25/09/2019 às 14h17min - Atualizada em 25/09/2019 às 14h17min

Coluna Luci Miranda

Olá leitores, queria dizer que este espaço está a sua disposição. Nos envie assuntos que gostaria de ler aqui, seja de ordem médica, nutricional, moda, direitos do consumidor, enfim, fique à vontade! O e-mail é luci.miranda@jornaldebraganca.com.br

A história da Dentadura

Outro dia me ocorreu um fato inusitado. A campainha da emissora tocou e eu mesma, que estava na recepção, atendi. Era uma senhora que há dois anos eu conheci, pois ela é cuidadora de idosos e, na época, trabalhava na rua da Rádio O Caminho FM, onde sou radialista. Cuidar de idosos acamados, como é o caso dela, é viver na eminência de ficar desempregada.  De lá prá cá ela já mudou várias vezes de emprego, não por vontade própria, mas pela morte dos idosos que ela cuidava. E assim, sem trabalho, ela me procurou para, desta vez, pedir algo que nunca me pediram. Uma Dentadura.

Ela contou e até me mostrou, que a atual está muito desgastada, e disse que está difícil até para falar (e deu pra perceber mesmo), pois  ela assovia um pouco quando fala, a língua está meio presa, sei lá, está estranho. A dentadura parece que vai cair e os “dentes” já estão gastos, bem gastos.

Pensei: E se fosse comigo essa situação? Como pagar isso sem ter cartão de crédito?, afinal, poucas pessoas aceitam cheque ou parcelam no carnê. Além disso, no momento ela está sem paciente para cuidar, mas está procurando. Se precisarem, ela tem experiência e, além disso, é alta e forte.

Bom, então pensei de novo: Como ajudá-la?

E resolvi contar a história dela aqui, e pedir ajuda de um profissional dessa área, alguém que possa, em troco de uma publicidade (nesse espaço), doar a ela a tão necessária Dentadura. Você que está lendo pode falar com seu dentista e, sei lá, de repente ele pode ajudar. Ou compartilhar essa história para que alguém a ajude. Nosso contato é pelo WhatsApp  (11) 9 9895 1059.

Desapega

Falando em ajudar o próximo, com o desemprego em alta, muitas pessoas têm nos procurado através da Rádio O Caminho FM, em busca de ajuda.  Pessoas que precisam mais do que alimentos. Então, caso você tenha sobrando algum móvel ou eletrodoméstico, entre em contato conosco pelo (11) 9 9895 1059. Na lista de necessidades tem: cama de casal com colchão, guardaroupa pequeno, conversor de televisão e liquidificador. #Desapega
Link
Relacionadas »
Comentários »