28/08/2019 às 10h51min - Atualizada em 28/08/2019 às 10h51min

Serpentes capturadas são entregues ao Butantan

Orientação é para que moradores não capturem sem ajuda de técnicos

Foto: Assessoria prefeitura


A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável encaminhou, só neste ano, 30 serpentes peçonhentas ao Instituto Butantan. De acordo com a assessoria da Prefeitura, isso foi possível devido ao trabalho de conscientização desenvolvido junto à população, visando resguardar a biodiversidade local, evitar a mortandade de animais e promover a saúde pública. “O manejo e a contenção dos animais somente são realizados quando em situação de risco como, por exemplo, serpentes que adentram as residências ou próximas aos aglomerados urbanos”, ressaltou ao informar que animais de vida livre, vistos em meio à natureza não são manejados ou contidos, conforme legislação vigente.

Os animais capturados pelos técnicos da Prefeitura ou entregues por moradoress, após identificação, seguem dois diferentes destinos: serpentes não peçonhentas são devolvidas à natureza, sempre em locais onde não existam pessoas ou criações, enquanto as serpentes peçonhentas são encaminhadas ao Instituto Butantan. “Trata-se de um serviço de interesse público, uma vez que os animais são encaminhados vivos ao Butantan, que os utiliza na produção dos soros antiofídicos, bem como em diferentes estudos biológicos”.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, orienta a população a, jamais manusear serpentes vivas ou mortas sem equipamentos de proteção como botas, perneiras, luvas, ganchos e demais acessórios. “Caso a pessoa encontre um animal em sua residência, em situação de risco e não tenha como manejá-lo, deve entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente”, finalizou.

O telefone é o (19)  3855 9617 ou a Guarda Civil Municipal pelo telefone (19) 3895 1085.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »