11/03/2015 às 14h20min - Atualizada em 11/03/2015 às 14h20min

Romeiros seguem a pé até o Santuário de Nossa Senhora em Pedra Bela

Caminhada acontece neste sábado

Foto: JBR

Pedra Bela vai receber neste domingo, 15, centenas de Romeiros, que começam a chegar à cidade já de madrugada. Eles fazem parte da Caminhada ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida que está completando 20 anos. A saída é no sábado, dia 14, pontualmente às 21h em Bragança Paulista, da avenida São Lourenço (em frente a Panificadora Alterosa) e o percurso tem cerca de 30 km, sendo a maior parte estrada de terra. A meia noite, os fiéis param e juntos rezam o terço, mas não são todos, alguns preferem continuar a longa caminhada.

Ao chegarem ao Santuário, os Romeiros assinam o livro de presença, e em seguida  recebem o café da manhã (pão com manteiga e café com leite). Em 2014 foram 665 assinaturas. Neste ano, Jayme Grasson, um dos organizadores, avalia que o número será superado e solicitou que  o café da manhã seja reforçado, acrescentando 200 pãezinhos.

A Universidade São Francisco confirmou presença nesse ato de fé e, cerca de 60 pessoas, entre funcionários e alunos, devem participar. Além disso, cerca de 10 enfermeiras e 10 seminaristas irão se juntar ao grupo. Dois carros da Universidade também acompanharão a Caminhada que terá ainda a presença do Frei Diego Melo.

A missa no Santuário acontece às 7h e será celebrada pelo Pároco de Pedra Bela, Padre Sebastião Amâncio Rezende.

Quem não tiver carona para voltar para Bragança, poderá usar o serviço de ônibus que cobrará R$ 10 pelo transporte e estará disponível após a missa.

A 20º Caminhada também homenageia neste ano, José Natalino de Lima Mazzola, falecido em agosto de 2014. “Além de companheiro, ele emprestava uma Fiorino do patrão e fazia a arrecadação de alimentos na concentração da Caminhada. Por isso a singela homenagem” explicou Jayme ao informar que as camisetas continuam a venda, um dos pontos é a Panificadora Nova Cardoso, que fica no centro de Bragança (Rua Barão de Juqueri).

 Jayme Grasson recomenda. “É muito importante que as pessoas assinem o livro de presença, pois fica registrado o número exato de pessoas que participaram e nos dá parâmetro para organizar a próxima caminhada”, finalizou.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »