30/05/2018 às 13h12min - Atualizada em 30/05/2018 às 13h12min

Sem combustível, turistas cancelam viagens e causam impacto no setor



Socorro foi uma das muitas cidades brasileiras que sentiram os reflexos da greve dos caminhoneiros, no setor do turismo. De acordo com o secretário de Turismo, Acácio Zavanella, o município, que vem investindo em ações para se tornar um destino referência no inverno, sentiu a queda no número de turistas na semana da paralisação. “A greve teve forte impacto em relação ao número de turistas na semana que antecedeu o feriado, resultando em movimento bastante inferior ao esperado. Até o momento, cerca de 30% das reservas do feriado foram canceladas ou remarcadas”, disse Acácio na quarta-feira (30), quando o reabastecimento de combustível nos postos estavam voltando ao normal.

Ele explicou ainda, que o reflexo real só será conhecido após o feriado, depois de uma avaliação. 

Com a situação normalizada, a expectativa fica por conta das atrações juninas e de inverno. “Este ano, a cidade também está investindo em uma festa junina, em parceria com o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), e a Associação de Turismo da Estância de Socorro (ASTUR), na qual haverá a tradicional quadrilha junina composta por turistas, além de outras atrações”, disse ao frisar que Socorro é um dos destinos mais visitados do interior paulista, situado no Circuito das Águas. “Oferece oito seguimentos turísticos, com destaque para turismo de aventura, turismo de natureza e turismo social, sendo premiada internacionalmente pelas ações nas atividades de aventura adaptadas para pessoas com deficiência”, finalizou o secretário.
A programação da Festa Junina pode ser conferida no Facebook da Prefeitura de Socorro.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »