13/09/2017 às 10h07min - Atualizada em 13/09/2017 às 10h07min

Queimadas geram multas de acordo com área afetada

Lei proíbe queimadas nas zonas urbana e rural do município (Foto:Assessoria prefeitura Socorro)


Ao menos um caso de incêndio em mata é registrado, por semana, na cidade de Socorro. As informações são da Secretaria do Meio ambiente, que informou que vem agindo para conter esses atos, que geram muitos transtornos, causam prejuízos à natureza e que podem ter outras consequências, como o ocorrido da rodovia Carvalho Pinto, no dia 30 de agosto e que envolveu 34 carros, deixando dois mortos, vários feridos e causando perda total em vários veículos.

De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente de Socorro, em 2017, no período considerado de estiagem, foram notificadas 13 ocorrências de queimadas/incêndios, que geraram multas, com base na lei nº 3825/2014, que proíbe queimadas nas zonas urbana e rural do município. A multa, explicou a Secretaria, é gerada conforme o tamanho da área afetada e a característica do local, que pode variar entre pastagem, vegetação nativa em estágio inicial, vegetação nativa em estágio médio ou ainda vegetação nativa em estágio avançado. ”Contamos com a colaboração da população, tanto no sentido de preservar o meio ambiente e a natureza quanto no de denunciar ocorrências de queimadas”, orientou a Secretaria. 

O telefone para denúncias é (19) 3855 9617.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »