13/07/2016 às 17h47min - Atualizada em 13/07/2016 às 17h47min

Democratas sofre perdas

Após o deputado Edmir Chedid (DEM) anunciar, no dia 28 de junho, o rompimento político com o prefeito de Amparo, Luiz Oscar Vitale Jacob (PSDB), o partido Democratas amparense, perdeu 35 filiados. O grupo não concorda com o posicionamento de Edmir e, por isso, anunciou a debandada, justificando que o Democratas apoiou vigorosamente o prefeito Jacob durante o processo eleitoral, tendo participação na transição de governos. O grupo afirma que acredita que uma política saudável se faz com gratidão, respeito e comprometimento “A família Chedid e seu partido apontam novos rumos, porém decidimos seguir o que já vem dando certo”, diz um trecho do manifesto. Procurado pela equipe do Jornal de Bragança e Região, o deputado Edmir Chedid, não se manifestou. Mas sua assessoria encaminhou ao jornal uma nota assinada pelo presidente do Democratas de Amparo, Antonio Hélio Favoreto, que afirma que as saídas não ocorreram por vontade própria desses filiados, mas, sim, por terem sido pressionados pela administração municipal pelo fato de alguns deles trabalharem na Prefeitura.
Já, a atual Administração de Amparo disse que nunca interferiu em questões partidárias. “Não há qualquer tipo de relato ou denúncias em nossos arquivos processuais, de servidores pressionados por escolha pessoais partidárias e eleitorais”, frisou.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »