13/07/2016 às 17h45min - Atualizada em 13/07/2016 às 17h45min

“A novela não acabou”, afirma deputado Barros Munhoz

Embate entre parlamentares deve continuar (Foto: Reprodução Tv Alesp)


Se depender do deputado estadual Barros Munhoz (PSDB), o entrave político com o deputado Edmir Chedid (DEM), ainda terá novos capítulos. Segundo o tucano, ele dará sequência a troca de farpas que começou no dia 24 de junho, quando ele, na tribuna da Assembleia Legislativa, chamou Edmir Chedid de “ladrão de obras”, se referindo ao Centro Dia do Idoso, construído na cidade de Amparo, e que tem a paternidade disputada pelos dois parlamentares. Exaltado, Munhoz disse ainda mais. “Conquistou coisa alguma. Ele (Edmir) fica sabendo daquilo que a gente, com luta, com trabalho, honestidade e seriedade, conquista, e quer roubar! Esse comportamento precisa ser eliminado dessa casa, é porco, é sujo, não é de gente digna a ocupar a cadeira de deputado estadual”.
Uma semana depois, também na Assembleia, Edmir Chedid rebateu o pronunciamento de Munhoz, e disse que lamenta a postura do deputado que, segundo ele, fez acusações e provocações infundadas às suas atividades. “Respeito, o considero, e já o desculpo”, disse ao classificar a atitude de Munhoz como falta de compostura e de respeito. “Não faço disputa, mas confesso ter ficado magoado e chocado com essa postura adotada pelo deputado”, disse Edmir.
Questionado pelo Jornal de Bragança e Região se ele se arrependeu do que falou, Barros Munhoz, disse que não. “Não houve arrependimento e tão logo os trabalhos da Assembleia sejam reabertos, eu vou voltar ao assunto. Espero que seja definitivo para encerrar o assunto”, anunciou ao dizer em tom bem humorado com uma pitada de brincadeira. “A novela não terminou. Não sei quem vai matar quem ou se todos vão se salvar. Mas tem próximos capítulos, aguardem na Globo!”, encerrou.
Os trabalhos na Assembleia serão retomados no dia 1º de agosto.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »