04/05/2016 às 20h39min - Atualizada em 04/05/2016 às 20h39min

Um bonde chamado desejo

Foto: Divulgação

A peça “Um bonde chamado desejo” volta em cartaz no teatro Tucarena, em São Paulo. No elenco Maria Luisa Mendonça, que faz o papel de Blanche DuBois e Juliano Cazarré, que entra no lugar do ator Eduardo Moscovis, no papel de Stanley. A história criada por Tennessee Williams narra a decadência de Blanche DuBois, que se abriga na casa da irmã Stella para fugir do passado e se depara com seu vulgar cunhado Stanley. O ator Juliano Cazarré, falou com a gente sobre a peça e sobre o filme O Boi Néon.
JBR: Como está sendo interpretar um personagem tão denso e bruto como Stanley?
Juliano:
Estou adorando interpretar o Stanley, e estou tentando entender a cabeça do Stanley, pensar com a cabeça dele, sem julgá-lo.
JBR: Nas últimas duas temporadas, o papel do Stanley  foi interpretado pelo ator Eduardo Moscovis. Houve alguma mudança? 
Juliano:
O Stalney do Edu eu achava muito potente, eu gostava muito de assistir. Estou tentando fazer o Stanley diferente, acho que vai ser legal.
JBR: Vamos falar um pouco de cinema nacional. Em 2016 será lançado o filme Boi Neon, o seu personagem Iremar sonha em ser um estilista. Nos conte um pouco deste trabalho.
Juliano:
O Boi Neon é um filme que ganhou um monte de prêmios pelo mundo a fora. Eu interpreto um vaqueiro que quer ser um costureiro, quer ser um estilista. Ele também é um cara que tem uma delicadeza, um olhar para a beleza, para estética. O Boi Neon acabou sendo o que a gente sonhava, um belo filme brasileiro de arte e que muita gente gosta,  assiste e se emociona.

Serviço: Teatro Tucarena – Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes – São Paulo 

Link
Relacionadas »
Comentários »