16/09/2015 às 22h19min - Atualizada em 16/09/2015 às 22h19min

Master Class

Foto: Divulgação

Christiane Torloni, interpreta um momento da vida de uma das mais marcantes personalidades femininas do século XX, a lendária, “La Divina”, Maria Callas em Master Class. Com elenco formado por atores/cantores líricos, o texto é de Terrence McNally, com encenação e direção de José Possi Neto e direção musical do Maestro Fábio G. Oliveira, em cartaz no Teatro das Artes, em São Paulo. Um dos mais premiados e aclamados espetáculos da Broadway chega ao Brasil numa grandiosa produção estrelada por uma das maiores atrizes do teatro, cinema e televisão brasileira.

Terrence McNally baseou o enredo nas lendárias séries de aulas magnas (master classes) proferidas pela diva maior da ópera mundial, a greco-americana Maria Callas, no início dos anos 70 na Julliard School, famosa escola de música de Nova York. Na peça, Callas repreende os alunos, da mesma maneira enérgica com que os encoraja a seguir e perseguir seus sonhos.

Confira a entrevista com Christiane Torloni para o Jornal de Bragança e Região.

JBR: O que te levou a encenar Callas?

O que leva você a interpretar uma mulher de personalidade é sempre um risco, ainda mais fazer uma coisa que seu personagem é da sua imaginação, a própria Joana Darc que é uma personagem da idade media, uma personagem que tem tanto registro da passagem dela, alem de ser uma personagem que é para o bem ou para o mal, é uma personagem que desafia. Agora Callas, acho interessante neste momento, o texto é tão atual, é uma mulher com uma atitude tão a frente do seu tempo,  em alguns aspectos com certeza precisa de 40 anos de carreira para ser a Callas.

JBR: Como é viver Callas?

É muito interessante, pois  ela é mais que uma personagem, o olhar dela  te apresenta o mundo e você passa enxergar tudo diferente, ela é uma mestra. Ela era uma grande musicista, ela tocava piano muito bem, ela entendia muito de música, tanto quanto os maestros que a regiam. O grande desafio dela depois que ela  já é reconhecida,  é mudar a forma dela , ela se desafia de se tornar a dona daquela voz linda. Ela conseguiu  se auto se remetabolizar.

JBR: Como é trabalhar com Jose Possi Neto (diretor)?

Estamos cada vez mais amigos, confiando  cada vez mais um no outro, entrega e confiança , por isso que o trabalho vai ficando bonito, o trabalho é amoroso, eu não consigo definir de outra maneira.

Serviço: Master Class

Teatro das Artes, Av. Rebouças, 3970 – Shopping Eldorado – 3º Piso - Quinta e Sábado às 21h | Sexta às 21h30 | Domingo às 19h. Duração: 90 minutos. Temporada: até 22 de Novembro

Link
Relacionadas »
Comentários »