21/02/2018 às 15h20min - Atualizada em 21/02/2018 às 15h20min

Coluna Dr. Antonio Ricardo

O assunto é diabetes

Olá leitores, espero que tenham tido um excelente carnaval, com muita diversão, mas respeitando a sua saúde.
Hoje vamos falar sobre o aumento da incidência da diabetes na população brasileira, que cresceu 61,8% em dez anos, principalmente nas mulheres. 

Bom, existem diabetes tipo I, a juvenil que aparece na infância, adolescência e em adultos com até 25 anos, e que é caracterizado pela deficiência, ou quase ausência de insulina. E existe a diabetes tipo II, da qual vamos falar. Esse tipo aparece na pessoa com mais idade, e que está ligado a carga genética mais o fator ambiental, e está relacionado ao aumento de peso e alimentação.

O que acontece? É que de uma forma geral, há excesso de consumo de carboidrato, excesso de peso e de sendentarismo, que levam ao aumento da circunferência abdominal, aumento de gordura no fígado, aumento do colesterol, trigliceredes, de ácido úrico e de glicemia. Isso aumenta o fator de risco. Então, chamamos isso de Síndrome Plurimetabólica, que é muito frequente na população e aumenta o risco de doenças como infarto, AVC, hipertensão grave, insuficiência renal, aumentando a mortalidade. Por isso é muito importante o controle de peso, evitar excesso de carboidrato e açúcar. Além disso, é importante fazer atividade física, diminuir o stress e fazer exames regulares.

Além das mudanças de hábitos, existem vários medicamentos que fazem controlar a diabetes e diminuir as complicações, que são quadros como amputação de membros, perda visual, insuficiência renal, entre outros. Por isso é muito importante controlar o diabetes. É indispensável a orientação médica.

Por hoje é só, fica o convite para que você curta minha página no Facebook/DrAntonioRicardo. 

Até a próxima!

Link
Relacionadas »
Comentários »