05/02/2019 às 17h33min - Atualizada em 05/02/2019 às 17h33min

Jovem morta dentro da cadeia pelo companheiro estava com medo de ir à visita

“Vou ter que ir no CDP, só que agora estou com medo. E se ele tentar me matar lá dentro?”

Foto: Reprodução Facebook


Um áudio de WhatsApp enviado por Nicolly Guimarães Sapucci, 22 anos, para uma amiga, mostra que ela estava com medo de ser morta por seu companheiro, Michael Denis Freitas, de 25 anos. Preso por roubo no Centro de Detenção Provisória de Jundiaí.

Dois áudios que estão sob o poder da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Jundiaí, foram divulgados pelo site de notícias G1.
Em um deles Nicolly fala sobre a mãe de Michael que, segundo o áudio, teria mandando mensagem para um conhecido de Nicolly, falando que era patifaria o que ela (a vítima), estava fazendo ao postar fotos no Facebook de biquini e foto com um menino. “O menino é meu primo e tinha mais gente lá para comemorar o aniversário”, disse Nicolly.

Medo de ser morta

No segundo áudio, a vítima diz. “Vou ter que ir no CDP, só que agora estou com medo. E se ele tentar me matar lá dentro? Ele é louco. Ele vai vir perguntar, mas ninguém tem prova que a gente ficou. Pode ficar tranquila que eu vou tentar desenrolar, se ele não me matar. Mas você sabe que eu estou indo no CDP, se acontecer qualquer coisa comigo você sabe que foi ele”.

Relacionamento

Informações sobre o depoimento da mãe de Nicolly, apontam que o casal, que ficou junto por dois anos, havia terminado o namoro três semanas antes do crime, e que teria sido sem atrito. Incomodada com boatos, a vítima teria ido ao CDP para esclarecer os fatos.

O Crime

Nicolly foi morta espancada com chutes no rosto. Ela teve traumatismo craniano. Isso aconteceu no dia 27 de janeiro durante visita íntima a Michael, que confessou que a matou por ciúmes. Ele foi transferido para uma cela de segurança máxima na penitenciária de Presidente Venceslau.

Nicolly deixou um filho de 4 anos, que continua morando com os pais da vítima. 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »