27/06/2018 às 17h13min - Atualizada em 27/06/2018 às 17h13min

Cadeirante reclama de falta de acessibilidade na feira livre do Lavapés

Foto: JBR


A cadeirante Maria Alves, gostaria de ir à feira às quartas-feiras, na avenida dos Imigrantes, bairro Lavapés, onde acontece a feira mais tradicional de Bragança. Mas ela relata a dificuldade de acessar o local, já que falta acessibilidade.

Maria tem paralisia na perna esquerda e não tem a perna direita, e para se locomover, ela usa uma cadeira de rodas motorizada. “Não consigo acessar o local das barracas porque minha cadeira não sobe a guia”, explicou. 

Maria contou ainda, que há cerca de dois meses, reclamou junto a Prefeitura, mas que não viu solução. “Estou aguardando uma resposta e uma solução para que eu possa ir fazer minhas compras”.

Maria mora no bairro Cruzeiro, então para ir à feira ela usa a rua João Franco, que dá acesso a uma das entradas da feira. Mas, no local, o Jornal de Bragança e Região observou que, de fato, para atravessar a avenida dos Imigrantes existem obstáculos como as guias e a necessidade de atravessar o meio fio que divide as duas mãos da avenida, uma das mais movimentadas de Bragança. A pé já é necessário tomar cuidado. De cadeira de rodas e sozinha, a travessia chega a ser impossível.

O JBR entrou e contato com a Prefeitura para saber sobre a possibilidade do local ter acessibilidade. A assessoria retornou solicitando uma nova informação a respeito da dificuldade da cadeirante. Mas até o fechamento dessa edição, o JBR não obteve retorno.
Lembrando que promover acessibilidade é uma garantia prevista em lei federal.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »