16/05/2018 às 20h43min - Atualizada em 16/05/2018 às 20h43min

Estudantes da Rede Estadual são premiados em evento científico da USF

Aluno premiado, Harison Xavier Mattos de Carvalho e Raquel dos Santos, avaliadora da USF (Foto: Assessoria USF)


Alunos da Escola Estadual Fernando Amos Siriani, de Bragança Paulista, receberam prêmios no XXIV Encontro de Iniciação Científica “Ciência para construir fraternidade e superar violência”. O evento aconteceu nos dias 08 e 09 de maio, na Universidade São Francisco (USF), Campus Campinas, Unidade Swift. 

O aluno Harison Xavier Mattos de Carvalho recebeu prêmio de 1º colocado com a pesquisa “Identificação do polimorfismo do gene XRCC1 em pacientes com câncer de cólon: resultados preliminares”, em co-autoria com Natália da Silva Lima e Juliana Carvalho Santos, sob orientação dos professores Dra. Alessandra Gambero e Dr.  Marcelo Lima Ribeiro, pesquisadores do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Saúde. 

A aluna Catarina de Almeida Lustosa, recebeu menção honrosa com a pesquisa “Diferenciação de células da linhagem 3T3-L1 em adipócitos maduros” em co-autoria com Letícia Ferreira Marques da Silva; Cíntia Rabelo e Paiva Caria; sob orientação da pesquisadora Dra. Alessandra Gambero. 

Os alunos são bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio - PIBIC-EM do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), é um órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação para incentivo à pesquisa no Brasil.

 Ao todo, 10 alunos da escola participaram durante um ano do programa de Iniciação Científica da USF, onde puderam vivenciar na prática o processo de construção do conhecimento científico, despertando assim o gosto pela ciência.  

Para a professora Iara Tescarollo, Coordenadora do Núcleo de Pesquisa Acadêmica da USF, os alunos do ensino médio atuando na pesquisa é um estímulo para novos talentos.  “A inserção de jovens no universo científico tem como objetivo estimular e desenvolver talentos, ainda na educação básica, capazes de contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico do país”, disse ao completar. “Para a USF, essa iniciativa se consagra num grande passo na promoção da ciência, da pesquisa e da inserção de jovens no universo científico”.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »