22/11/2017 às 09h01min - Atualizada em 22/11/2017 às 09h01min

Acusados da morte da universitária Larissa vão a júri popular

Foto: Reprodução Facebook


Está marcado para os dia 4, 5 e 6 de dezembro, no Fórum de Cambuí (MG), o júri popular dos acusados pela morte da estudante Larissa Gonçalves. De acordo com o Fórum, para assistir ao júri, os interessados devem obter as informações no site do TJ-MG, que já deverá ter informações sobre cadastro, a partir de sexta-feira (24).

O comerciante José Roberto Freire, que seria o mandante do crime e Valdeir Bispo dos Santos, que teria sido pago para matar a jovem, serão julgados por assassinato e ocultação de cadáver. A técnica de enfermagem Rosiane Rosa da Silva será julgada por participação no crime.

O crime

A estudante universitária, de 21 anos, foi morta com requintes de crueldade em novembro de 2015. Segundo a polícia, o crime teria sido encomendado pelo comerciante José Roberto Freire, pelo valor de R$ 1 mil.

Larissa foi abordada quando saía de seu carro, na Rodoviária de Extrema, onde pegaria um ônibus para ir à Universidade São Francisco, em Bragança, onde estudava.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »