10/10/2017 às 09h20min - Atualizada em 10/10/2017 às 09h20min

Funcionários do Bragantino reclamam dois meses de salários atrasados

Clube deve dois meses de salários aos funcionários (Foto: Maquina do esporte)


Com os salários de agosto e setembro atrasados e sem vale transporte, funcionários do Clube Atlético Bragantino, seguem trabalhando sem previsão de receber. Alguns contaram ao Jornal de Bragança e Região que estão pagando para trabalhar, já que também estão sem o vale transporte, benefício que é concedido junto com o salário. “A gente vai a pé, de moto-taxi”, disse um dos funcionários. 

Ainda segundo os funcionários, o pagamento é feito no dia 25 de cada mês, mas o Clube tem pago um mês e deixado o outro sem pagar. A faixa salarial dos cinco funcionários é de R$ 1.500,00, sendo que todos trabalham no sistema de CLT. “Se o atraso fosse de três, quatro dias, tudo bem. Mas são mais de quarenta dias sem receber. Esse ano é a segunda vez que isso acontece”, relatou um dos que trabalham no Clube, ao completar. “A cesta básica vem normal, mas sobre o salário falam que não tem data”, disse ao não saber contar se os salários dos jogadores também estão atrasados. 

O Jornal de Bragança e Região entrou em contato com o Clube, que através da assessoria de imprensa informou que enviou os questionamentos feitos pelo JBR à diretoria do CAB. Mas até o fechamento desta edição, não houve retorno.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »