13/09/2017 às 10h01min - Atualizada em 13/09/2017 às 10h01min

Motorista que atropelou e matou criança, alega que não viu acidente

Motorista foi localizado na Fernão Dias (Foto: Polícia Civil)


Foi sepultado na manhã de terça-feira (12), no cemitério Jardim da Serra, em Bragança Paulista, o corpo de Melissa de Souza Faria, de apenas 3 anos, que morreu na hora, ao ser atropelada por um caminhão quando era levada à escola pela mãe, Eliani de Sousa Faria, por volta das 7h da manhã de segunda-feira (11), no Jardim Fraternidade.  A mãe da garota ainda segue internada, com ferimentos graves.  Segundo amigos da família, ela teve fraturas em toda parte inferior do corpo, inclusive na “bacia”, e passou por uma cirurgia na terça-feira, dia em que a filha foi sepultada. 

Motorista localizado
Ao Jornal de Bragança e Região, o delegado Seccional de Bragança, Dr. Carlos Eduardo Silveira Martins, informou que o motorista, de 46 anos, foi localizado pela Polícia Civil, na noite de terça-feira (12), na rodovia Fernão Dias. Ele, que é de Bragança, foi conduzido à Delegacia, onde foi interrogado pelo delegado titular da DIG, Glauco Ferreira, e depois liberado. O motorista alegou que não percebeu que havia atropelado mãe e filha. “Ele disse que ficou sabendo do acidente pela imprensa, mas que jamais imaginou que teria sido ele o causador. Essa foi a versão que ele deu”, disse o Seccional, ao acrescentar que o motorista responderá ao inquérito policial, que deve ser encaminhado rapidamente à justiça, que vai decidir sobre o futuro dele, além de responder ao processo.  O caminhão, que ainda tem marcas de sangue, está apreendido para passar pela perícia. A empresa em que o motorista trabalha, fica há 500 metros do local do acidente e foi através das imagens das câmeras de segurança, que a polícia conseguiu a identificação do veículo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »