25/01/2017 às 15h21min - Atualizada em 25/01/2017 às 15h21min

A herança de Fernão Dias (PT)



Os campeões de reclamação no governo Fernão Dias (PT), ex-prefeito de Bragança, foram os buracos e o mato. Na disputa ainda estavam a falta de iluminação pública e de remédios. 

O atual prefeito, Jesus Chedid (DEM), herdou esses e outros problemas que, aguardam solução. A avenida dos Imigrantes, trecho da zona sul, foi a primeira a receber melhorias. Enquanto isso a população dos bairros periféricos, continua convivendo com os problemas, muitos deles, piores do que os vistos na Imigrantes. É o caso do bairro Cruzeiro, um dos mais populosos de Bragança. Quem passar pela rua Milani Franco Rodrigues (trecho paralelo ao Ginásio da Vila Garcia) vai encontrar o mato invadindo a rua. Sobram buracos e falta iluminação, a rua está na escuridão. 

Na rua das Rosas, vila Flora, também região do Cruzeiro, os buracos se transformaram em crateras. Um deles já toma conta de uma das mãos de direção.  Os moradores contam que já solicitaram o serviço de manutenção três vezes, duas na gestão anterior e uma na atual, mas em vão. 

Outra rua que precisa de atenção urgente é a 8 de maio, no Jardim Águas Claras, zona norte, assim como mostra a foto enviada por um leitor do JBR.  No mesmo bairro, os moradores reclamam do mato em um terreno na rua Benedito Serbino.  Uma rua que corta o terreno é usada pelos pedestres, que dizem temer pela segurança deles. 

Operação Tapa-Buraco
A secretaria de Serviços informou que a operação tapa-buraco começou na Avenida Alberto Diniz - Santa Luzia; Alziro de Oliveira; Avenida dos Imigrantes, em frente ao semáforo do Jardim Europa até a rotatória da Câmara Municipal, e em frente ao Big Compacto; Posto de monta (em frente); Rotatória da Terga; Rotatória do Big Plus até a Rotatória dos trabalhadores; Avenida Atílio Menim, da Fazenda Bela Manhã até o Campo do Menin.

A operação nos bairros citados na matéria está programada para começar no dia 31 de janeiro. O corte do mato deve acontecer no início de fevereiro. E quanto às lâmpadas apagadas, a Secretaria de Serviços disse que a ordem de serviço fói dada no dia 20 de janeiro e que o religamento será feito pela Energisa.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »