13/04/2016 às 15h18min - Atualizada em 13/04/2016 às 15h18min

Trecho da gravação da sessão que vereador confirma que fazia “gatos” desaparece do site

Vereador Valter Stein confirma “gatos” (Foto: Reprodução Site Câmara)


“Em 2008 eu vim trabalhando pelo povo, colocando iluminação pros bairros. Tá certo! fui colocando, fui eleito. Taque processo, não tem problema nenhum”. 
A frase, confirmando que fazia “gatos”, foi dita pelo vereador Valter Stein (PSDB), na sessão da Câmara de Pedra Bela, do dia 15 de março, logo após o Jornal de Bragança e Região ter publicado uma denúncia de que ele estava fazendo ligações de energia elétrica clandestinas, os chamados “gatos”, em bairros da zona rural.  Na época, o JBR ouviu o vereador, dando a ele o direito de se manifestar sobre esta acusação e sobre o fato de estar afastado pelo INSS e continuar trabalhando como vereador, recebendo dois salários, um do INSS e outro da Câmara. 
Apesar de ter tido o direito de dar a sua versão, Valter Stein, preferiu usar a Tribuna da Câmara, onde aparentemente tenso, confirmou que fazia as ligações elétricas ilegais e onde deu a etender que a matéria era tendenciosa e de cunho político, esquecendo-se de que,se assim fosse, o departamento de jornalismo do JBR, não teria entrado em contato com o vereador, o que foi feito por telefone (há gravação) e por e-mail (que está arquivado). 
Mas agora, o vereador terá de dar explicações à Justiça. Isso porque as denúncias contra ele estão sendo investigadas pelo Procurador da República, do Ministério Público Federal, Dr. Ricardo Nakahira, pelo Promotor de Justiça, Dr. Dib Jorge Netto e pelo Delegado Seccional de Bragança Paulista, Dr. José Henrique Ventura. Todos receberam documentos com a denúncia de um morador que, é quem acusa o vereador de fazer as ligações clandestinas, os “gatos”. O documento solicita providências.

Relembrando
Sobre a denúncia de ligações clandestinas, Valter disse que podiam até existir vídeos e fotos, mas anteriores ao seu afastamento médico, e atribui as denúncias ao momento político. “Acredito que tais denúncias falsas sejam por conta da política municipal que está começando a se aflorar”, disse na época.

Gravação desapareceu
Inexplicavelmente, o trecho da gravação em que o vereador afirma que fazia “gatos”, desapareceu do site da Câmara Municipal de Pedra Bela. A gravação da sétima sessão ordinária, do dia 15 de março, encerra-se, abruptamente, com 08 minutos e 02 segundos, durante a fala do vereador Durval Leme de Araújo.
Jonatan Leme, assessor da Câmara, disse que irá comunicar a empresa responsável pelo site, para que deixe disponível o vídeo original.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »