10/02/2022 às 16h15min - Atualizada em 10/02/2022 às 16h15min

Sede do Fundo Social é invadida por bandidos

Ladrões foram identificados através do sistema de monitoramento


 

Na manhã de terça-feira (8), por volta das 5h, a sede do Fundo Social de Solidariedade foi invadida por dois homens, que arrombaram uma porta e subtraíram um forno microondas do local. Logo após, ambos se evadiram do local e empreenderam fuga.

Ao tomar conhecimento do ato criminoso, a presidente do Fundo Social, Francine Pereira, acionou a Guarda Civil Municipal (GCM). Um boletim de ocorrência foi lavrado e a GCM seguiu fazendo diligências na região, em busca dos meliantes e do produto furtado.


"Graças ao equipamento de monitoramento instalado no prédio, após análise das imagens registradas, foi possível observar o exato momento em que um homem de máscara e outro sem, invadem o local e cometem o furto. Diante das imagens, uma equipe da GCM saiu em diligência e se deparou com os dois indivíduos na região da Concha Acústica, no Matadouro", disse a assessoria de imprensa da Prefeitura.

 

Ambos foram abordados e ao ser indagado, um dos homens confessou o crime e relatou que o produto subtraído estava sob posse do outro comparsa, que lhe pagou R$ 20 pelo objeto furtado. Mesmo com a confissão e com as imagens registradas, o forno microondas não foi localizado.


Os dois homens foram encaminhados ao Plantão Policial, permanecendo à disposição da justiça.

"A Prefeitura de Bragança Paulista, reitera a população que não adquira produtos sem procedência comprovada", disse ao lembrar que o artigo nº 180 do Código Penal diz que: 
adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar em proveito próprio ou alheio, objeto que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte, é crime sujeito a punições e penas cabíveis.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »