02/09/2021 às 17h15min - Atualizada em 02/09/2021 às 17h15min

Quatro furtos são registrados no mesmo dia em Bragança



Na manhã desta quinta-feira (2), o Capitão Biancchi, Comandante da 1ª Cia. da Polícia Militar de Bragança, concedeu entrevista à jornalista Luci Miranda, da Rádio O Caminho FM e Jornal de Bragança e Região , e confirmou que na quarta-feira, dia 1° de setembro, ocorreram quatro furtos no município, sendo nos seguintes bairros: Jardim Primavera, Vila Aparecida, Taboão e Jardim Europa. “Dos quatro furtos que ocorreram, em dois foi usado o mesmo veículo”, disse o Capitão, ao informar que por questão de investigação, ele não pode citar o modelo e marca do veículo.

Segundo Biancchi, os criminosos se aproveitam que os moradores saíram de casa, e nesse intervalo de tempo, arrombam portão, portas e janelas, e subtraem objetos de valor e de fácil comercialização, como eletro eletrônicos, notebooks, televisores, entre outros.

O alerta para os moradores é que fiquem atentos a qualquer carro ou pessoa estranha na sua rua. Ele citou, ainda a importância da adesão das pessoas no Programa Vizinhança Solidária (PVS). “Coincidentemente, ou não, os quatro bairros que sofreram com essas ações de quarta-feira, não são participantes do Vizinha Solidaria, que é um programa de segurança”, disse o Capitão, ao citar que o programa está implantando em cerca de 24 bairros. “Estatisticamente há uma redução dos índices de violência nesses bairros, principalmente de furtos”, explicou.

Orientação
O Capitão disse que os moradores devem ficar atentos a movimentação da rua, atentos a carros diferentes estacionados na garagem do vizinho, portão do vizinho aberto, ou um carro estranho parado na frente da casa do vizinho. Ficar atentos também as pessoas estranhas paradas. “Uma prática comum dos bandidos é o aluguel do veículo. Então, muitos dos carros usados nessas ações, são alugados e com as placas novas, a Mercosul e, normalmente iniciadas com a letra Q, já que são carros de outros estados. Isso é um alerta.
Para aderia ao Programa Vizinhança Solidária, ligue 190, e solicite as informações.



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »