25/06/2021 às 18h10min - Atualizada em 25/06/2021 às 18h10min

Homem é preso em flagrante por venda de terreno que não era dele

Lote "vendido" fica no Bairro Tanque do Moinho



 

De acordo com informações do Delegado Titular da Central de Polícia Judiciária (CPJ), de Bragança, Dr. Sandro Montanari, as investigações deram início há cerca de 10 dias, visando o combate ao crime de parcelamento irregular de solo.

E, nesta sexta-feira (25), os Policiais autuaram em flagrante delito, um homem que portava o valor da entrada da venda de um lote de terreno que, indevidamente, parcelou e vendeu, sem ser de sua propriedade, pelo valor
de R$ 90.000,00. “Após oferecido acordo de não persecução penal ao mesmo, ele acabou confessando que está negociando pequenos terrenos no Bairro do Tanque do Moinho, aqui em Bragança, prometendo efetuar, inclusive,
as transferências de forma definitiva à vítima”, disse Dr. Sandro Montanari.

O Delegado disse ainda, que o suposto vendedor confessou também já ter efetuado outras quatro vendas. “Analisando os documentos encontrados com o autor, verificamos a existência de vários outros contratos elaborados e, por consequência, fazendo supostas vítimas”, disse.

Ainda segundo a Polícia, corretores contratados para elaborar o contrato foram ouvidos e declararam que o autor já teria solicitado seus serviços por, no mínimo, sete vezes.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão em flagrante delito ao autor, pelos crimes de estelionato e parcelamento irregular de solo, sendo encaminhando à Cadeia Pública de Piracaia, ficando a disposição do juízo
de custódia.

 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »