25/06/2021 às 12h25min - Atualizada em 25/06/2021 às 12h25min

Festival de Inverno poderá ter presença de público, apesar da pandemia

Evento, que começa no dia 3, será no Teatro Carlos Gomes, no formato híbrido

SECOM


Apesar do momento delicado que Bragança Paulista passa, devido à pandemia da Covid-19, com UTIs e enfermarais lotadas, a 20ª edição do Festival de Inverno, será no formato hibrido, ou seja, online, mas também com a presença de público e, para isso, haverá regras, segundo a Secretaria de Cultura e Turismo.

O Festival, chamado de "evento teste", acontece de 03 a 31 de julho, e ocorrerá no Centro Cultural Teatro Carlos Gomes, de modo híbrido, ou seja, on-line e presencial, e será transmitido através das redes sociais da Prefeitura de Bragança Paulista e da Secretaria de Cultura e Turismo.
 
"A programação artística do festival conta com atrações especiais que irão agitar e aquecer o mês de julho. Haverá oficinas gastronômicas, teatros, intervenções artísticas, concertos, shows musicais, recital de piano, workshop de literatura e muito mais", disse a assessoria de imprensa.

Evento Na Pandemia 

Segundo a Prefeitura, um dos diferenciais desta edição, em razão da pandemia da COVID-19, é a abertura ao público, mas com restrição no número de pessoas. De acordo com a Secretária de Cultura e Turismo Vanessa Nogueira, a primeira semana será um termômetro para os próximos dias. “Iremos liberar 40% da ocupação do teatro e os interessados em participar presencialmente deverão preencher um cadastro online, que será divulgado na segunda-feira (28) nas redes sociais da Prefeitura e da Secretaria de Cultura e Turismo. O formulário de inscrição ficará disponível até quarta-feira (30), às 18h, e será limitado um ingresso por CPF. A troca dos bilhetes acontecerá na quinta e sexta-feira, das 9h às 17h, na Secretaria de Cultura e Turismo”, afirmou Vanessa Nogueira.
 
A entrada é gratuita e os visitantes serão convidados a contribuir com o “ingresso solidário”, que consiste na doação de um 1kg de ração, agasalho ou alimento não-perecível.
 
Ainda segundo a Prefeitura, além dessa novidade, todo valor arrecadado com a venda das canjas no clássico “Canja com Canja”, um dos principais atrativos do evento, será destinado ao Fundo Social de Solidariedade. "A atividade ocorrerá às quintas-feiras com shows musicais e com a venda do tradicional alimento. A permanência, bem como o consumo dos produtos, ocorrerá de acordo com as medidas impostas pelo Plano São Paulo".
 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »