07/06/2021 às 13h35min - Atualizada em 07/06/2021 às 13h35min

Jornalista é agredido no exercício de sua função

Jornal de Bragança e Região repudia qualquer tipo de censura

jornalempauta.com.br


A foto dessa matéria mostra a agressão sofrida pelo jornalista Filipe Granado, do jornal online, Em Pauta, durante o exercício legal da sua profissão.

Segundo a reportagem do próprio jornal, a agressão ocorreu quando Filipe cobria a ação da equipe de fiscalização, em um evento na noite de sábado (5). “O jornalista e repórter fotográfico do Jornal Bragança Em Pauta, Filipe Granado, foi agredido na noite de sábado, 5, quando exercia sua profissão e acompanhava uma fiscalização em frente ao Bar Barril 2000, localizado na Avenida José Gomes da Rocha Leal, em Bragança Paulista”, diz a matéria que relatou ainda. “A agressão foi cometida pelo promotor de eventos, e assessor comissionado da Prefeitura de Bragança Paulista, André Felipe Silva do Nascimento, conhecido no meio pelo vilgo de Mixirica"
.

Segundo o jornal, no local, ocorria um pagode que foi interditado pela Vigilância Sanitária. O Jornal de Bragança e Região não conseguiu contato com “Mixirica”.
O jornalista Filipe Granado foi encaminhado ao Hospital e levou cinco pontos no supercílio esquerdo e passa bem.
 
Repúdio à Censura

O Jornal de Bragança e Região se solidarisa com o colega de imprensa, jornalista Filipe Granado e entende que o fato ocorrido representa um ato de censura à liberdade de imprensa, o que o Jornal de Bragança e Região repudia veementemente.

A Constituição Federal garante aos profissionais de imprensa a “manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição...É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.” (Artigo 220).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »