15/10/2015 às 22h23min - Atualizada em 28/02/2016 às 22h23min

Há um ano das eleições municipais, políticos lançam pré-candidatura a prefeito

Beto Trícoli, Dr. Antonio Ricardo e Álvaro de Lima, anunciam oficialmente que são pré-candidatos à prefeito em 2016

Beto Trícoli, Dr. Antonio Ricardo e Álvaro de Lima (Foto: JBR)


Há pouco menos de uma ano das eleições municipais, começam a surgir pré-candidatos a prefeito. Em alguns grupos a disputa, por enquanto, é interna e depende de pesquisas e de aprovação do partido.

O Jornal de Bragança e Região conversou com três políticos que, com exclusividade, anunciaram à nossa equipe, oficialmente os seus nomes como pré-candidatos, mesmo faltando meses para as convenções.

Atibaia

Beto Tricoli (PV-SP) anunciou a pré-candidatura nas redes sociais, coincidentemente depois de o nome do atual prefeito, Saulo Pedroso (PSB-SP), aparecer em uma investigação da justiça, no chamado “Caso do Forum”, noticiado com exclusividade pelo Jornal de Bragança e Região na edição de setembro. Coincidências à parte, Beto, que já foi prefeito duas vezes (2001-2004 e 2005-2008) e deputado Estadual (2011-2014), disse que houve um consenso em relação ao seu nome. “Estamos fazendo uma política de alianças que faça frente a isso que está ai. Houve consenso, meu nome foi apontado como destaque no grupo”, frisou ao falar das eleições de 2016. “As próximas eleições são decisivas para construirmos melhor o futuro de Atibaia. O PV se reuniu e o grupo tem se articulado e tem a obrigação de apresentar sua candidatura”, disse ao destacar “O grupo irá apresentar um projeto para o futuro, com aquilo que será feito por Atibaia e pela população”.

Bragança Paulista

O médico Antonio Ricardo de Carvalho (DEM-SP) confirmou em primeira mão ao Jornal de Bragança e Região a sua pré-candidatura. Dr. Antonio, como é chamado pelos pacientes, está a pouco tempo na política, há 4 anos apenas, sendo sua primeira eleição em 2012, quando foi candidato a vice-prefeito pelo PSD,  tendo seu grupo ficado em terceiro lugar. Na eleição presidencial houve um desgaste com seu grupo, pois ele não concordava com o apoio ao PT, então ele deixou a sigla, migrando para o Democratas. “Houve um desgaste também porque eu não concordei com a candidatura do vereador Miguel Lopes (PSD-SP), a deputado Estadual. Isso causou um desgaste e eu deixei o partido”, disse.

Sobre o motivo que o leva a querer ser prefeito, Dr. Antonio aponta a necessidade de um prefeito que escute a população. “O prefeito precisa escutar a população, precisa estar no dia a dia com o povo. Precisa de um grupo administrativo, pessoas com experiência pra ele poder andar nas ruas e saber o que a população precisa. Ele não pode ficar blindado. Eu tenho essa experiência de escutar os pacientes e acho que pode ser muito útil pra começarmos uma mudança na cidade, com uma administração aberta, indo nos bairros para ouvir a população”. Dr. Antonio frisou a necessidade de a população bragantina resgatar o orgulho da cidade. O prefeito tem de ter harmonia com sua equipe e ter foco. O bragantino precisa resgatar o orgulho da sua cidade.  E meu olhar, como médico, vai tendenciar para a Saúde”.

Pedra Bela

O ex-prefeito Álvaro de Lima (PSDB-SP), que já cumpriu dois mandatos, também anunciou oficialmente sua pré-candidatura a prefeito. Afastado da política há 10 anos, o empresário do ramo de vestuários e calçados, passou a última década se dedicando exclusivamente aos seus negócios.  Natural de Pedra Bela, Álvaro foi prefeito de 1993 a 1996 e de 2001 a 2004, fazendo sucessor nas duas vezes. O pai dele, Lázaro Lima, foi vereador e vice-prefeito, a política está no sangue. “Os amigos me procuraram para que eu voltasse à ativa para fazer uma reorganização. Então foi esse o meu trabalho nos últimos 90 dias, buscar nos quatro cantos de Pedra Bela pessoas que acreditassem no nosso grupo, para fortalecê-lo. A partir de agora e, após uma pesquisa de opinião pública, vamos definir a nossa candidatura. É importante esclarecer que esse pré-candidato depende da aprovação da população e do grupo político”, disse.

Álvaro é enfático ao falar da importância da valorização do ser humano. “Dentro da ideia de lema político, quando a gente fala de ser humano, a gente fala de valorizar todos. Trabalho e honestidade é o lema. Se eu trabalhar, buscar pessoas sérias e honestas para trabalharem comigo, eu faço o máximo. Eu não posso fazer festa sábado e domingo e depois não ter um livro. Não vou prometer festa, vai ter saúde, escola, estrada. Tudo com responsabilidade” ressaltou.

A eleição em 2016 acontece no dia  02 de outubro.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »