19/06/2015 às 13h28min - Atualizada em 19/06/2015 às 13h28min

Um “raio-x” dos CILES mostra que a maioria está em más condições e sem manutenção

Foto: JBR


Com a proximidade das férias escolares, crianças e jovens buscam alternativas de lazer, normalmente em seu próprio bairro. Diante disso, o Jornal de Bragança e Região percorreu diversos bairros de Bragança para conhecer a situação dos Centros Integrados de Esporte e Lazer (CILES). O “raio-x” desses espaços mostra que em geral eles estão com aspecto de abandono. O que se observa são, brinquedos enferrujados, quebrados e com a pintura descascada. Também há falta de iluminação e os alambrados, principalmente das quadras e campos de areia, estão com grandes buracos. De todos os CILES visitados pela reportagem, apenas o da Vila Aparecida possui torneira, porém ela está amarrada com arame e pingando, apesar do problema da crise hídrica. O lado bom é que a maioria está com a poda de mato em dia, mas com muito lixo.

Pais de jovens ouvidos pelo Jornal de Bragança e Região reclamam das más condições e apontam todos os problemas relatados acima. Apesar da situação, eles afirmam que levam seus filhos aos CILES, o que evidencia a necessidade de lazer.

O secretário de Juventude, Esportes e Lazer, Jorge Negretti, afirmou que a maioria dos CILES está sem reforma há mais de 10 anos, mas que a secretaria está trabalhando em um projeto de revitalização. “O projeto prevê a substituição dos brinquedos de ferro por modernos de madeira e adequação das quadras e equipamentos, alem das instalações das academias ao ar livre”, informou ao explicar que neste primeiro momento está sendo feita a recuperação de alguns equipamentos como, traves, redes, tabelas e iluminação. “A reforma, como troca dos brinquedos e revitalização geral, está prevista no orçamento de 2016”, garantiu.

Quanto ao período de férias, Negretti disse que na área de esportes recreativos está sendo planejado uma série de atividades. “Estamos priorizando as atividades e eventos de lazer, zumba, caminhadas, passeios ciclísticos, motocross, entre outros”, considerou.

Quanto a afirmação do secretário de que os CILES estão há mais de 10 anos sem manutenção, o Jornal de Bragança e Região ouviu os dois últimos prefeitos. Jesus Chedid (DEM), disse através de sua assessoria que os CILES foram construídos na sua administração, de 1993 a 1996 e que durante o seu segundo mandato, entre 2001/2005, todos  passaram por um processo de manutenção e ainda foram construídos cinco novos CILES, alem da revitalização de 17. “Diante das declarações do atual secretário de Esportes, podemos afirmar que houve algum engano ou desconhecimento sobre o assunto”, afirmou a assessoria.

João Afonso Sólis, o Jango (PSDB), também afirmou que fez manutenção nos seguintes CILES: Vila Aparecida, Parque dos Estados, Fraternidade, São Lourenço, Águas Claras, São Miguel e que construiu o do Jardim do Cedro. “Eu deixei todos em boas condições, mantive e reformei”, declarou.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »