25/03/2020 às 17h43min - Atualizada em 25/03/2020 às 17h43min

Bragança tem primeiro caso confirmado de coronavírus

Outros 42 casos suspeitos aguardam resultado

No final da tarde de quarta-feira (25), a Secretaria Municipal de Saúde de Bragança, confirmou o primeiro caso por coronavírus (Covid-19) em Bragança Paulista. No entanto, o caso aguarda contraprova do Instituto Adolfo Lutz, pois o exame foi realizado por laboratório particular.

O paciente, que é assistido pelo sistema de convênio médico, é um homem, de 42 anos, residente do município, que teve contato com paciente suspeito do município de São Paulo.

Com isso, são 29 casos suspeitos, 5 foram descartados e 1 confirmado.  

Coletiva de Imprensa

A secretária municipal de Saúde de Bragança Paulista, Marina Oliveira, vem diariamente concedendo coletiva de imprensa para atualizar as informações sobre o coronavírus em Bragança. Na manhã de quarta-feira (25), ela informou sobre os casos notificados como suspeitos, e quanto ao tempo para saber o resultado, ela disse que o Instituto Adolfo Lutz não atende pessoalmente ou por telefone nenhuma Secretaria, apenas publica os resultados online.  Ela reforçou ainda, a importância de as pessoas permanecerem dentro de suas casas. “O Decreto Estadual continua vigente, e devemos respeitar o isolamento para conter a velocidade da transmissão”, disse.
Em Bragança,  três pacientes com suspeita de coronavírus morreram. Um de 75, outro de 66 anos e outro de 69 anos que já tinha doença pulmonar crônica e teve infecção generalizada. Mas ainda é aguardado laudo da testagem.

Pacientes suspeitos

UTI – 7 casos

03 estão na UTI da Santa Casa, sendo 2 mulheres (34 e 73 anos) e 1 homem (69 anos);
01 no HUSF, sendo um homem (56 anos);
03 no Hospital Bragantino, sendo 2 homens (52 e 54 anos) e uma mulher (61 anos).  

Isolamento Hospitalar – 9
 
08 estão na Santa Casa, sendo 06 homens (42, 49, 50, 59, 66 e 80 anos), e duas mulheres com 51 e 66 anos.
01 no Hospital Bragantino, sendo 1 homem com 29 anos.
Os demais estão em isolamento familiar em suas respectivas casas, entre eles um adolescente de 14 anos.
Matéria atualizada – 25/03/2020 (18h35).

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »