10/04/2019 às 13h28min - Atualizada em 10/04/2019 às 13h28min

Zona Azul digital completa dez dias com 5 mil downloads do Aplicativo

Foto: JBR


Na quarta-feira (10) fez, exatamente, dez dias do funcionamento da zona azul digital, implantada em Bragança pela Transitabile, vencedora da licitação feita pela Prefeitura. De acordo com Valim, um dos diretores da empresa, nos primeiros dez dias, quase 5 mil pessoas baixaram o Aplicativo, que permite aos motoristas pagarem através do próprio celular, pelo uso da vaga nas áreas de zona azul. O cartão de papel pode ser usado até o dia 30 de junho, mas depois desta data ficará valendo apenas o aplicativo. Outra opção será pagar a zona azul nos chamados PDVs, que são estabelecimentos credenciados para receberem o valor, que segundo Valim, continua sendo R$ 2,00, com tempo máximo de permanência na vaga de 2 horas. “Nossa avaliação para os dez primeiros dias está sendo de uma reposta bem interessante, visto que os usuários da zona azul, em sua grande maioria, não pagavam pelas vagas. Outro problema eram os cambistas que compravam a folha do talão por R$ 2,00, e revendiam por R$ 4,00 ou R$ 5,00”, disse ao explicar. “Os agentes de trânsito possuem um Aplicativo que ao digitar ou fotografar a placa dos carros, aponta se o veículo pagou pela zona azul. Caso não tenha pago, ai sim, é gerada a multa”. 

Quem tiver dúvidas, pode ligar para o Serviço de Atendimento ao Consumidor (48) 9 9657 4591 ou enviar e-mail para contato@transitabile.com.br.

Multa

Com base no Código de Trânsito Brasileiro, o não pagamento da zona azul enquadra-se em infração grave, no valor de R$ 195,23, mais 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »