15/12/2014 às 13h51min - Atualizada em 15/12/2014 às 13h51min

Inaugurado há uma semana “Natal Sustentável” de Bragança não convenceu

Foto: JBR

Inaugurada no dia 8 de dezembro, dia da Padroeira de Bragança, Nossa Senhora da Conceição, a decoração de Natal, que ainda não foi totalmente inaugurada, não convenceu, não agradou os bragantinos e gerou muitos comentários, inclusive entre comerciantes que reconhecem a importância de uma cidade bem decorada como atrativo de turistas. O Jornal de Bragança e Região ouviu algumas pessoas e a opinião delas, basicamente é a mesma. “Era melhor não ter feito”, disse a dona de uma loja na rua Dr. Cândido Rodrigues. O dono de um comércio na mesma rua desabafou. “Isso é uma vergonha”. Um casal proprietário de uma loja na avenida Antonio Pires Pimentel se diz decepcionado pelo esquecimento da avenida. “Estão falando da decoração, olha essa avenida. Que arco, que luzes?”. O dono de uma estabelecimento na praça Raul Leme, pondera. “Fizeram o que puderam e com o dinheiro que tinham”.

E o dinheiro estava mesmo curto, tanto que a Prefeitura chegou a fazer um “chamamento” público para conseguir doações  e acabou lançando o Natal Sustentável, como alternativa e promovendo oficinas. O gasto, segundo declarações do secretário de Cultura e Turismo, Quique Brown, foi de cerca de R$ 80 mil.

O prefeito Fernão Dias, durante a cerimônia de devolução de R$ 2,8 mi, feita pelo presidente da Câmara, Sebastião Garcia do Amaral, na sexta-feira,12, falou sobre a decoração. “Tem gente que fala da decoração de Natal, mas a Prefeitura não tinha condições, pois tivemos gastos que não estavam previstos no orçamento, como a indenização trabalhista paga aos agentes de saúde que eram contratados por associações e que tiveram de ser demitidas para serem contratadas pela Organização Social”, disse ao relatar que outro gasto não previsto foi com as famílias do Jardim Nogueira, área invadida e desapropriada. “Foram mais de cinco milhões no total, valor usado para socorrer famílias”, disse.

A última inauguração será da projeção de Natal na fachada da Igreja Catedral, e será feita a poucos apenas cinco dias do Natal, dia 19, sexta-feira. Já a inauguração dos tradicionais enfeites da Prefeitura foram adiados, sem previsão de nova data.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »