18/08/2021 às 17h15min - Atualizada em 18/08/2021 às 17h15min

Bragança adere ao "Bolsa Trabalho" do Governo do Estado

Programa vai oferecer bolsas no valor de R$ 535 por mês



Na manhã de terça-feira (17), a Secretaria Municipal Governo, Desenvolvimento Econômico e Inovação, participou de uma reunião com o Governo do Estado de São Paulo e confirmou a adesão do município ao Programa Bolsa Trabalho, lançado nesta quarta-feira (18).

 

Com investimento de R$ 80 milhões do Governo de SP, o Programa Bolsa Trabalho vai oferecer bolsas no valor de R$ 535 por mês aos cidadãos que realizarem atividades de trabalho em órgãos públicos municipais e estaduais. A carga horária será de 4 horas diárias, cinco dias por semana, e o benefício poderá ser pago por cinco meses consecutivos. Além disso, os participantes realizarão um curso de qualificação profissional e receberão apoio à empregabilidade, por meio dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs).

 

Serão aceitas inscrições de moradores do estado de São Paulo, desempregados, maiores de 18 anos e com renda familiar de até R$ 550 por pessoa (equivalente a meio salário mínimo). Os cidadãos elegíveis devem se inscrever no portal do Bolsa do Povo entre 23 e 29 de agosto: www.bolsadopovo.sp.gov.br. A seleção ocorrerá até 4 de setembro e a convocação será feita por meio de publicação no Diário Oficial.

 

“Bragança Paulista mais uma vez preocupada com a empregabilidade e retomada da economia, aderiu ao programa, que irá beneficiar muito a população mais vulnerável do município com qualificação e renda. Um projeto que vem para somar com diversos outros desenvolvidos pela Administração Municipal”, ressaltou a secretária municipal de Governo, Desenvolvimento Econômico e Inovação, Camilla Gallucci Tomaselli.

 

Com a promulgação da Lei nº 17.372, de 26 de maio de 2021, o Programa Emergencial de Auxílio-Desemprego passou a integrar o programa Bolsa do Povo denominado Bolsa-Trabalho, que concentra a gestão dos benefícios, ações e projetos, com ou sem transferência de renda, instituídos para atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social no estado de SP.

 
--
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »