18/12/2019 às 13h01min - Atualizada em 18/12/2019 às 13h01min

Cidades apostam no Natal para alavancar vendas do comércio

Em Atibaia, consumidores concorrem a prêmios

Foto: Freepik


As duas maiores cidades da região bragantina, Atibaia e Bragança, estão confiantes no crescimento das vendas do comércio neste final de ano. Além de a data ser a melhor em vendas, alguns outros fatores estão colaborando.  “Em Atibaia, nossa expectativa é de aumento de 3 a 4%.   O Natal 2019 será positivo devido ao crescimento do crédito e pelos saques dos recursos do FGTS”, disse o presidente da Associação Comercial e Industrial de Atibaia (ACIA), Alessandro Roncoletta, ao atribuir ainda o 13º salário como outro fator positivo.

Mas para evidenciar ainda mais o comércio, a Prefeitura, em parceria com a ACIA e com o Sebrae, lançou a campanha “No Natal Valorize o Comércio de Atibaia”, que tem como objetivo promover e potencializar as vendas.

A ACIA também realiza a sexta edição do “Valorize Atibaia, Compre Aqui”, campanha que prevê que a cada R$ 100,00, o consumidor tem direito a um cupom da promoção (com limite de cinco cupons por compra), para concorrer a 03 televisores, de 32, 43 e 55 polegadas.

Outras informações no site: aciaonline.com.br ou pelo (11) 4411 5544.

Bragança Paulista

O Jornal de Bragança e Região também ouviu o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Bragança Paulista (ACE), Antônio Carlos Vidiri, que também acredita no aquecimento das vendas neste Natal. “A expectativa de vendas gira em torno de 4 a 5% a mais, em relação ao ano passado, então, o Natal deste ano será positivo, sim. Alguns fatores contribuem para isso, como o dinheiro liberado do FGTS pelo governo federal, mesmo que pequeno individualmente, o montante foi grande”, disse ao enfatizar que outro fator importante é a cidade estar com a decoração de Natal. “A iluminação e a decoração de Natal colocadas na cidade pela Prefeitura, atraem visitantes da própria cidade e da região, e eles acabam comprando no comércio de Braganca, alavancando as vendas”.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »