25/09/2019 às 14h21min - Atualizada em 25/09/2019 às 14h21min

Projeto de habitação é entregue à Caixa Econômica Federal

Objetivo é construir 400 apartamentos através do Minha Casa Minha Vida

Projeto Habitacional Vila Esperança (Foto: Secom)


Em uma das reuniões realizadas em Brasília no início de setembro, o prefeito Saulo Pedroso (PSB), tratou do programa habitacional para Atibaia. O passo seguinte, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, foi a entrega da documentação à Caixa Econômica Federal, realizada no dia 17 deste mês.

Denominado de Vila Esperança, o bairro planejado pela Prefeitura, recebeu aceno positivo da Secretaria Nacional de Habitação, em reunião no Ministério do Desenvolvimento Regional. De acordo com o projeto, o programa habitacional compreende a construção de 400 apartamentos destinados a famílias com renda até R$ 2.600 reais, em área doada pela Prefeitura, localizada próxima ao Jardim Colonial.

Ainda segundo a assessoria de imprensa, com financiamento via programa Minha Casa Minha Vida, pela primeira vez Atibaia é contemplada pela faixa 1,5 (renda familiar de até R$ 2.600 reais). O projeto visa a construção de 20 edifícios com cinco pavimentos cada, sendo um térreo e mais 4 andares em cada prédio. A área de cada unidade será em torno de 46 m². “Desde 2014, a Prefeitura vem trabalhando para viabilizar o empreendimento. Na época, mesmo com o edital aprovado pela Caixa Econômica Federal, a falta de recursos do governo estadual e o período eleitoral não possibilitaram o acordo”, informou a assessoria ao lembrar que em 2017, uma nova tentativa foi realizada por parte da Prefeitura, mas o projeto foi novamente adiado.

Agora, após ser positivado na reunião em Brasília, e ter a documentação e o projeto entregues pela Prefeitura, os trâmites estão a cargo da Caixa Econômica Federal, que determinará as instruções de inscrições e prazos.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »