07/03/2018 às 13h50min - Atualizada em 07/03/2018 às 13h50min

Fake News

E na quarta-feira (7), Edmir Chedid (DEM) voltou a ser notícia, mas desta vez no jornal Estadão, que trouxe a seguinte manchete “Fake news partiram de escritório de deputados, diz laudo”. 

Segundo a reportagem, um ofício enviado por uma operadora de telefonia ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), revelou que as notícias falsas (fake news), contra um blogueiro da cidade de Atibaia, teriam partido do escritório compartilhado do deputado Edmir Chedid (DEM) e do deputado federal Herculano Passo (PSD). Ambos negam responsabilidade.

O blogueiro, vítima das ofensas, teria sido atacado por meio de um perfil falso nas redes sociais. Ainda de acordo com o Estadão, ele vai entrar com queixa-crime por calúnia. A página não está mais disponível, tendo sido retirada do ar por determinação judicial. 
O Estadão informou ainda que em Atibaia, um dos redutos políticos da família Chedid, são diversas as batalhas judiciais envolvendo fake news, tendo inclusive, um funcionário da prefeitura condenado a indenizar um cidadão em R$ 10 mil, depois que a quebra de seu sigilo telemático revelou que ele controlava uma página com conteúdo ofensivo.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »