22/11/2017 às 13h13min - Atualizada em 22/11/2017 às 13h13min

Com recursos próprios, município dá início as obras de limpeza de lagos

Foto: Secom


Atibaia também está entre as muitas cidades que sofrem com as enchentes, mais frequentes nos meses de dezembro e janeiro e, que neste ano, começou mais cedo, já que tem chovido consideravelmente em novembro. 

Apesar das chuvas, os serviços para a retirada de areia e limpeza do lago do Jardim do Lago, um dos que precisam de limpeza, começou. De acordo com a Secretaria de Obras, o objetivo é deixar a bacia mais profunda para aumentar a capacidade de armazenamento de água das chuvas, ajudando a evitar ou minimizar alagamentos. Uma draga é utilizada pelos trabalhadores para o desassoreamento do leito do lago.

Os serviços para retirada dos sedimentos têm prazo de 90 dias para serem finalizados. Os recursos, estimados em R$ 446 mil, são provenientes do Fundo do Meio Ambiente Municipal. A estimativa é a de que sejam retirados do leito do lago cerca de 15 mil m³ de material. A autorização para realização do desassoreamento do lago do Jardim do Lago partiu do setor de Meio Ambiente, da antiga Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (SUMA), atual Secretaria de Obras Públicas.

A prefeitura disse que os projetos de intervenção em outros lagos (Major, na Bacia do Córrego dos Pintos e Jardim Paulista, na Bacia do Córrego da Figueira), já foram realizados com recursos próprios. 

Sobre apoio do Governo do Estado e da União, a prefeitura disse que, continuam as tratativas em busca de recursos para obras de maior impacto e grande magnitude para minimizar ou sanar a questão das inundações.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »