19/12/2016 às 16h23min - Atualizada em 19/12/2016 às 16h23min

Prefeito Saulo (PSB) afirma que prioridade será cumprir promessas de campanha

Foto: JBR


Diplomado e prestes a tomar posse, o prefeito reeleito de Atibaia, Saulo Pedroso (PSB), concedeu uma entrevista exclusiva ao Jornal de Bragança e Região e falou sobre a vitória sobre Beto Trícoli, sobre o recente afastamento do cargo, a promessa de acabar com as enchentes, a situação financeira da Prefeitura e revelou qual foi o pior momento do seu primeiro mandato. 

Saulo foi eleito vereador pelo PP em 2008, presidente da Câmara em 2012, mesmo ano que foi eleito prefeito pelo PSD, vencendo professor Wanderley (DEM) e Luis Fernando Pugliesi (PV).

JBR: Por que o senhor decidiu ser candidato em 2012?
Saulo:
Nosso objetivo era dar uma opção para a população. Sentíamos que o Partido Verde estava muito desgastado na cidade.

JBR: O que o Sr. não conseguiu realizar no primeiro mandato?
Saulo:
Cumprimos 90% daquilo que prometemos. Faltou a implantação do Bilhete Único, que ainda não está funcionando porque a licitação do transporte público está paralisada no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

JBR: E a promessa de acabar com as enchentes?
Saulo:
Nossa promessa com relação às enchentes era de buscar apoio dos governos estadual e federal. Somente com o dinheiro da Prefeitura não dá para resolver o problema, precisamos de R$ 100 milhões.
No que cabe ao Executivo, estamos fazendo, tentando minimizar.

JBR: O momento mais difícil do seu primeiro mandato foi o afastamento do cargo?
Saulo:
Meu afastamento foi resultado de um erro jurídico, que foi corrigido depois. Um momento difícil foi quando vidas se perderam naquela chuva de fevereiro. Outro momento difícil foi com o vendaval e a chuva forte no meio do ano.

JBR: E o momento mais feliz?
Saulo:
Toda inauguração é um momento feliz. Mas um momento feliz foi em 2014, a remoção de 168 famílias vítimas das chuvas de anos anteriores, que estavam alojadas em barracos. Em apenas um dia, levamos todas para o Conjunto Habitacional Caetetuba 2.

JBR: Quais as prioridades no segundo mandato?
Saulo:
Nossa gestão ficou marcada pelas obras de infraestrutura, mas não priorizamos apenas uma área. Vamos manter os investimentos em Educação, Saúde, Segurança, Infraestrutura, Cultura e Esporte.

JBR: Como está a saúde financeira da Prefeitura?
Saulo:
Não vamos encerrar 2016 no vermelho. Enxugamos a máquina administrativa e tivemos que atualizar nossas receitas. Tivemos reajuste de IPTU, Água, Esgoto, Lixo. Não teve outro jeito.

JBR: O senhor é um político jovem, que já foi vereador, presidente da Câmara e reeleito prefeito, vencendo com uma grande diferença de votos o ex-prefeito e deputado estadual Beto Tricoli. Onde o senhor pretende chegar?
Saulo:
Nosso compromisso é, primeiramente, executar nossas promessas de campanha. Se a cidade entender que seja interessante uma candidatura minha para deputado estadual ou federal, me coloco á disposição. Não tenho um projeto de poder pessoal, estou à disposição para ajudar a cidade, seja como vereador, prefeito ou deputado.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »