13/04/2016 às 15h16min - Atualizada em 13/04/2016 às 15h16min

SAAE tenta reduzir desperdício de água na cidade

Foto: JBR


Hoje, em Atibaia a estimativa de perda global de água, referente a distribuição, é de 53,79%, número que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), quer reduzir. Para isso, de acordo com a superintendente do SAAE, Fabiane Santiago, serão investidos R$ 2,5 milhões na compra e instalação de vinte macromedidores. “Não existem sistemas 100% estanques, porque a ocorrência de perdas é inevitável, mas nosso objetivo é mantê-las em níveis aceitáveis. E a macromedição é uma ferramenta essencial para o monitoramento da distribuição”, explicou. A Sabesp, por exemplo, afirma que o desperdício de água em sua rede de distribuição gira em torno de 20%. 
A superintendente disse que o monitoramento das vazões de entrada já é feito, mas o SAAE ainda não possui sua própria matriz de balanço hídrico. Segundo Fabiane, os aparelhos serão instalados em saídas de reservatórios e anéis de distribuição, ou seja, em locais que servirão de indicadores.
Em 2015, o aumento da tarifa de água e esgoto na cidade foi de quase 30%, mas Fabiane garantiu que o investimento não será repassado aos consumidores. “Não haverá aumento nas contas dos clientes”. Ainda segundo ela, os macromedidores devem ser entregues em 90 dias. “Somados às obras para instalação e a implantação do sistema, estima-se que o sistema deve entrar em funcionamento no início de 2017”, disse.
Essa etapa do contrato assinado com o Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) é no valor de R$ 784 mil. Em contrapartida, o SAAE investirá R$ 208 mil.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »