18/11/2015 às 23h43min - Atualizada em 18/11/2015 às 23h43min

Prefeito Saulo fala sobre o “Caso do Fórum”

Foto: JBR


Dois meses depois de o Jornal de Bragança e Região publicar, com exclusividade, matéria sobre o “Caso do Fórum”, o prefeito de Atibaia, Saulo Pedroso (PSB) aceitou falar sobre o assunto, apesar de não atender a equipe pessoalmente.

Entenda

Em agosto, o Jornal de Bragança e Região publicou uma denúncia do Ministério Público acusando os prefeito Saulo Pedroso e Anderson Luiz Pereira (PV), o Magrão, de Pinhalzinho e o suplente de vereador de Bragança, Marco Leitão Xavier, de pedirem propina ao dono do imóvel onde hoje funciona o Fórum de Atibaia.

Na época, nem Saulo, nem Magrão quiseram falar sobre a denúncia, apesar de o Jornal ter entrado em contato com eles.

Um mês depois, em outubro, o Jornal da Band, também falou sobre o caso e, segundo a reportagem,  a equipe também não conseguiu ouvir o prefeito Saulo. Versão negada por sua assessoria de imprensa.

Após a Band  veicular a reportagem, Saulo Pedroso, gravou um vídeo e compartilhou nas redes sociais e WhatsApp, dando sua versão sobre as acusações e dizendo que estava a disposição da imprensa.

Assim sendo, o Jornal de Bragança e Região voltou a solicitar uma entrevista com o prefeito Saulo, mas sua assessoria disse por e-mail. “Ele está disponível para responder as perguntas por e-mail”.

O departamento de jornalismo enviou oito perguntas, mas ele não respondeu nenhuma especificamente, enviando uma espécie de nota, onde resume. “Em relação às perguntas que me foram feitas, quero reforçar que, quem procedeu a locação do prédio do Fórum foi o corpo técnico da Prefeitura, com o acompanhamento do Tribunal de Justiça. Tudo com a mais absoluta transparência e cuidado com o dinheiro público. Não é o prefeito diretamente quem faz esse tipo de ação, e sim os setores responsáveis por este tipo de locação.  Sobre as acusações, como já disse anteriormente, cabe à Justiça investigar quaisquer denúncias que são feitas contra agentes públicos. Estou indignado com o uso político que a oposição tenta fazer disso, mas sereno em relação ao comportamento do Poder Judiciário. Já apresentei minha defesa e confio na Justiça”, encerrou.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »