15/07/2015 às 14h57min - Atualizada em 15/07/2015 às 14h57min

Antes de se afastar do cargo, Saulo faz críticas aos ex-prefeitos Beto e Dr. Denig

Foto: JBR


Depois de ser diagnosticado com picos de pressão alta, possivelmente provocados por stress, o prefeito da cidade de Atibaia, Saulo Pedroso (PSD), decidiu atender as recomendações médicas e se afastar do cargo durante 20 dias para cuidar da saúde e aproveitar as férias com a família.

Para comunicar sua saída temporária, Saulo concedeu uma entrevista coletiva na tarde de segunda-feira, 13, no Centro Integrado de Educação Municipal (CIEM), onde também esteve o vice-prefeito, Mário Inui (PRB), que ficará à frente do Executivo, interinamente, até o dia 27 de julho.

Mas a fala de Saulo, durante a coletiva, deixou claro que a disputa pela cadeira de prefeito já começou e com sinais de que a eleição de 2016 terá um tom bastante áspero.

Uma amostra disso foram as críticas dirigidas ao ex-prefeito Beto Trícoli (PV) - (2001 - 2004 e 2005 - 2008), que também foi deputado estadual (2010 - 2014) e ao sucessor de Trícoli, Dr. Denig (prefeito de 2009 - 2012), também pelo PV.

As críticas começaram quando Saulo foi questionado sobre os cortes de árvores na cidade, assunto que segundo ele vem sendo usando pela oposição para desgastar seu governo. “Isso é coisa da oposição!”, afirmou.

Diante de sua resposta, o Jornal de Bragança e Região perguntou ao prefeito se ele acreditava que Beto Tricoli, filiado ao Partido Verde, pudesse ser um dos responsáveis por essa tentativa de desgaste. “Não sei quem está fazendo isso, mas tem influência dele (Beto) sim!”, disse.

Ainda falando sobre os corte de árvores, Saulo disse que existe a compensação das árvores, feita através de critérios, mas que não encontrou na Prefeitura, relatórios que comprovassem que em administrações passadas, as compensações eram feitas. 

As criticas aos adversários políticos continuaram quando o prefeito foi questionado sobre obras de infraestrutura, especificamente quanto às obras para evitar os alagamentos. “Se tivessem feito um pouco das obras de infraestrutura durante os 12 anos, a situação seria outra. Essas obras são caras e precisamos do apoio do Governo do Estado. Faltou representatividade na Assembleia Legislativa durante quatro anos”, disse criticando claramente o ex-deputado Beto Tricoli.

O Jornal de Bragança e Região conversou com o ex-prefeito e ex-deputado, Beto Tricoli a fim de ouví-lo quanto as acusações de Saulo e lhe enviou um e-mail com as perguntas. Mas até o fechamento dessa edição, Beto não havia respondido. No entanto, durante a conversa por telefone ele disse que falará em uma próxima entrevista.

Dr. Denig também foi procurado pelo Jornal de Bragança e Região, que conseguiu falar apenas com o filho dele, Dr. Eduardo Denig, a quem foi oferecido o espaço para o posicionamento do ex-prefeito. Mas ele não deu retorno até o fechamento dessa edição.

Mudança de Partido

O Jornal de Bragança e Região também perguntou à Saulo sobre rumores de que ele estaria deixando o PSD para migrar para o PMDB. O prefeito não descartou a mudança de sigla. “Já fui do PP, fui expulso, fiquei sem partido e vim para o PSD. Tenho boa relação com o Gilberto Kassab, mas se um dia achar que o PSD está fazendo mal para a cidade de Atibaia, não vejo problema em deixar o partido.”

O prefeito disse ainda, que conversou, sim, com lideranças do PMDB, inclusive com o vice-presidente Michel Temer, pois o partido estava sem representatividade na cidade. O PMDB é mais um partido que passa a fazer parte da base aliada da administração do prefeito Saulo.

Viação Atibaia

O transporte público também foi assunto na coletiva. Saulo disse que contratou uma empresa, que fez todo estudo para a integração das linhas de ônibus dentro do município. “A ideia é que o usuário utilize duas linhas e pague apenas uma tarifa. Com a integração, o fluxo de veículos no centro deve diminuir.”

Em tom de advertência, Saulo disse que apresentará o projeto para a Viação Atibaia e caso encontre resistência por parte da empresa, poderá publicar um edital no Diário Oficial para as empresas interessadas em prestar o serviço de transporte público na cidade.

Saulo falou ainda sobre assuntos como a crise econômica, geração de emprego, gerenciamento da Santa Casa, atraso de obras e criação de vagas em creches . Esses tópicos podem ser conferidos na matéria completa que está no site: jornaldebraganca.com

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »