30/08/2021 às 17h08min - Atualizada em 30/08/2021 às 17h08min

Mais de 2 mil animais silvestres foram resgatados entre 2019 e 2021



 

De acordo com a Prefeitura de Bragança Paulista, o município tem investido em projetos e ações, principalmente no que diz respeito ao bem-estar animal e a proteção dos animais silvestres que habitam a região. "Uma das iniciativas que têm se destacado é o programa permanente entre a Prefeitura e a Associação Mata Ciliar, que juntas têm desenvolvido trabalhos de resgate e recuperação de animais silvestres", disse a assessoria de imprensa, que explicou que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, em conjunto com a Guarda Civil Ambiental (GCA), averigua as denúncias e realiza o resgate dos animais.

A entidade, por sua vez, quando necessário, encaminha os animais para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Jundiaí/SP, para prestar o devido atendimento veterinário e após o processo de reabilitação, realizar a soltura destes em seu ambiente natural. Além das denúncias de irregularidades, o Meio Ambiente e a Mata Ciliar também atendem ocorrências de animais encontrados feridos.

 

Dados
Através da parceria entre a Associação Mata Ciliar e a Prefeitura, no período de abril de 2019 a agosto de 2021, foram resgatados 2.112 animais silvestres, os quais alguns foram localizados feridos e outros se encontravam em cativeiro, em situação irregular, que seriam possivelmente comercializados de forma clandestina e sem as devidas autorizações.

 

Entre as espécies recuperadas estão aves como Canários-da-terra (Sicalis flaveola), Picharros (Saltator similis), Tico-ticos (Zonotrichia capensis), Bigodinhos (Sporophila lineola), Coleirinhos (Sporophila caerulescens), Urubus (Coragyps atratus), Siriemas (Cariamidae), Azulões (Cyanocompsa brissonii), além de animais como Gambá de orelha branca (Didelphis Marsupicialis) ou Saruê, como é popularmente conhecido, dentre outros.

 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente ressalta que manter ou possuir animais silvestres sem a devida permissão, licença ou autorização, configura crime ambiental, conforme a Lei Federal nº 9.605 de fevereiro de 1998, que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências.

 

 

Os munícipes podem continuar contribuindo. Para denunciar quaisquer atividades ilícitas relacionadas à fauna silvestre, bem como para informar sobre animais feridos ou em situação de risco, o cidadão pode entrar em contato com o Meio Ambiente, pelo telefone (11) 4034-6780 ou pelo e-mail (dibem@braganca.sp.gov.br).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »